Nem a tristeza do Jeca

Publicado: 28 setembro, 2008 em Minhas Cores
Tags:,

quando chega a tristeza
quando os olhos amargam
e se perde a beleza

o dia não alumia
os minutos se arrastam
e minh’ alma resta vazia

talvez um verso de saudade
para a cara metade
ou um novo soneto de fidelidade
mas que ingenuidade!

os restos, as sobras
do que fôra outrora

talvez fôssemos
haveriamos sido
se pelo menos
tivessemos acontecido.

T.C.R

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s