Lá e de volta outra vez

Publicado: 7 janeiro, 2009 em pensamentos
Tags:, , ,

Depois de todo esse tempo sem postar nada estou de volta.

Depois de um natal e um novo ano novo, as coisas continuam as mesmas, indubitavelmente continuam as mesmas.

Hoje não venho falar de esperança, de sonhos, devaneios, lembranças ou qualquer uma dessas doces e simples formas de ver a vida. Venho mesmo pra desabafar, comigo mesma, já que aqui naum tenho leitores assiduos. Venho cá conversar com meus botões na esperença de que eles gritem alguma coisa nova que eu não saiba … mas se naum venho aqui falar de esperança como posso ter esperança de ser salva pelos meus botões?? na verdade acho que é bem capaz dos meus pequenos botões terem algum problema de audição e nem me ouvirem tão bem quanto eu gostaria.

Bem, enfim, o ano naum começou tão bem quanto eu imaginava ou gostaria… naum chegamos nem a primeira quinzena e ja tenho em minha boca um amargo gosto de decepçao e frustração… continuo acreditando nas pessoas, e, pra não variar, continuo tomando no meio do olho do meu cú. E é o de sempre, “desculpa, eu naum quis te magoar”. Mas magoou… a vida é isso, a gente vive assim, magoando e sendo magoado, a diferença aqui no meu caso é que já faz um bom tempo que eu só sou magoada… já to de saco cheio de tudo isso, sei que amanha ou depois meu pensamento vai mudar, porque eu tenho plena consciencia do que sou, uma sonhadora que teima em acreditar que tudo vai dar certo no final, mas hoje, só por hoje, quero ter raiva, ódio, rancor, quero sentir que gostar, se entregar, se apaixonar, amar não vale a pena. Hoje quero fechar meus olhos tendo a certeza que sou uma anta, que continua tentando, nadando contra a maré numa porra de barquinho furado e ainda continuo tentando tirar a água de dentro com um copinho… que tambem tem um furinho!

Eu nego, mas a verdade é que eu cansei de ser só. Não ter ninguem pra compartilhar, pra rir, chorar, brigar, amar. Não poder dividir as aventuras nem fazer planos, cansei de sair sozinha nas fotografias, cansei de gostar do cara errado, dos enrolados, dos presos ao passado, cansei de tentar tentar com quem não quer tentar. Me arrumo esperando por alguem que nunca vem, enfeito minha casa, me perfumo, me faço bonita, compro flores, faço o jantar… e janto sozinha, durmo sozinha, acordo sozinha… naum quero ser uma mulher solitaria e amarga pra todo o resto da vida. Mas hoje, talvez só por hoje, eu sou essa mulher.

“a minha lágrima o vento seca”

 

“amanha será um novo dia da mais louca alegria que se possa imaginar” 

… será???

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s