Louca? Talvez …

Publicado: 8 fevereiro, 2009 em Minhas Cores, pensamentos
Tags:, , ,

Hoje pensando sobre o que pensar…

Comecei e pensar sobre mim. Se eu fosse navegar lá no fundo de mim criticas certamente não iriam faltar, visto que sou critica o bastante, e quando quero tenho uma língua ácida o suficiente (mesmo que para falar de mim). Mas o ponto aqui não é criticar, é somente divagar.

Enfim, estive pensando em deitar um pouquinho no meu divã. Hoje vou tentar (ou não) falar com os macacos que habitam no meu sótão. Quero algo rápido, um tema leve, nada que provoque continuos bocejos ou a vontade louca de acabar logo essa leitura. Resolvo então falar sobre a minha incrível capacidade ninja de “ser” (ser essa pessoinha de sentimentos nessa bolota imensa e azul). Alguns viventes que me conhecem podem afirmar que sou louca, mas eu digo agora: defina loucura (definiu?).

Sinceramente, às vezes eu bem que gostaria mesmo de ser meio louca, doida, tresloucada, insana, desbundada, lélé da cuca, abirobada, tam-tam, desvairada (no sentido real, literal da loucura, de ter toda a liberdade da desconexão, inversão e reinvenção da realidade). Mas, infelizmente, não o sou (posso ser avoada, mas isso já é outra historia). Sou sã, e no meio de todas as minhas viagens intergalácticas, onde busco por vidas não tão inteligentes, transcendo a contextualização do real, normal e igual. Busco o diferente, o incomum, o belo. Belo no sentindo filosófico mesmo, de ser tudo aquilo que choca, me atinge, me leva a algum determinado grau arrebatamento, um belo que pode ser feio aos olhos, mas que de alguma forma me inspira n’ alma. Não suporto o comum. O costumeiro me cansa, me enjoa, fico enfadada, com as pestanas pesadas.

A diferença não está na desigualdade da forma, no que se vê, no estereotipo. Vai além disso. Eu vejo, sinto, cheiro, vivo, experimento o diferente. Sou demasiada, exagerada. Eu extrapolo, transbordo, explodo. Todo dia eu vivo e todo dia eu morro. Quando eu choro é como se fosse a minha maior dor, e quando eu amo, esse então é meu primeiro e último amor. Vou além do que espero de mim mesma. Eu salto no abismo, e quando eu decido saltar eu vou sem pára-quedas, sentindo o vento no rosto e vendo o chão se aproximar. Se a mágica for grande o suficiente eu vôo no último instante e subo rapidamente além das nuvens, e, se a mágica vier de uma varinha quebrada eu me estabaco no chão. Quebro a cara, o nariz, os braços as pernas, me fodo todinha. Mas vou até o fim, com calma ou numa sangria desatada, eu vou. Eu preciso ir até o fim, tenho essa inquietante necessidade de saber o todo, não me contento com meio, fujo do superficial, das aparências agradáveis e de todas essas futilidades. Não me satisfaço com nada que venha/esteja/seja pela metade. Não quero uma cor somente, quero todos os tons e nuances, posso até criar novos nomes se assim for preciso. Mas quero inteiro, bem vivido, revestido da verdade nua e crua. Quero amargo, salgado ou doce, só não me traga insosso. Quero sensações, eu preciso sentir para me fazer sentir.

Se essa foi sua definição de loucura que foi pedida logo acima, então, eu sou. Se pra você viver tudo, no limite, apostando sempre tudo é ser louca, então, mon petit, sou louca até o ultimo fio de cabelo, louca de corpo, alma e coração! E haja coração pra tudo isso, viu!

 

Take a chance. Take a shot.

Take a chance. Take a shot.

Anúncios
comentários
  1. Daniella disse:

    Oi Thay! Acabei de colocar um post novo lá, sobre um outro blog que fiz. Espero que goste… Bom restante de domingo! Beijos 😉

  2. Sammyra disse:

    Amei esse texto!
    Lembrei daquele pedacinho da música que diz: “Mais louco é quem me diz e não é feliz, eu sou feliz”!
    Eu tb sou louca! E tô muito bem assim, rsrs!
    Beijo

  3. Sammyra disse:

    ah, pode linkar sim, fica à vontade! 😉

  4. Isso é viver, o resto é ensaio…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s