Pois pronto

Publicado: 31 março, 2009 em pensamentos
Tags:

Seguindo o conselho abri a janela, deixei a luz entrar e o brisa correr. Aos poucos os olhos foram se acostumando com os sons e ouvidos percebendo as cores ao redor. A cidade continua a mesma aos olhos, mas é claro que nada nunca é a mesma coisa. Eu não sou a mesma coisa de ontem, muito menos serei amanhã… mas como essas buzinas todas me incomodam. Queria andar descalça na grama, debaixo da chuva, empreguinada do cheiro da terra molhada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s