Ando só

Publicado: 31 julho, 2009 em Me Inspiram
Tags:

Ando só
Pois só eu sei
Pra onde ir
Por onde andei
Ando só nem sei por que
Não me pergunte o que eu não sei
Pergunte ao pó
Desça ao porão
Siga aquele carro ou as pegadas que eu deixei
Pergunte ao pó por onde andei
Há um mapa dos meus passos nos pedaços que eu deixei
Desate o nó
Que te prendeu
A uma pessoa que nunca te mereceu
Desate o nó que nos uniu
Num desatino, um desafio
Ando só
Como um pássaro voando
Ando só
Como se voasse em bando
Ando só
Pois só eu sei andar
Sem saber até quando
Andó só
Ando só… até …sem saber até quando
Ando só

Anúncios
comentários
  1. Neo disse:

    Humm

    Forte
    Gosto muito dos teus escritos

    Grande beijo

    Neo

  2. Búfalo disse:

    Belo post. E andar só, às vezes, é uma boa oportunidade para pensarmos um pouco.

    Abraço,
    Búfalo

  3. às vezes, a melhor companhia é a de nós mesmos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s