Publicado: 11 maio, 2012 em pensamentos
Tags:,

Deve ser assim quando nasce uma canção: uma coisa por dentro, remoendo, crescendo, um bum-bá aumentando gradativamente e tomando conta de todo o teu corpo aos poucos.

Deve ser assim quando nasce uma ideia: Aquele sentimento de necessidade, uma pressa de acontecer, uma ânsia de se fazer ouvir, de fazer sentido. Aquela certeza que dá medo pelo medo não ser certo.

Deve ser assim quando nasce o amor: uma ideia fixa, uma batida (in)constante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s