Publicado: 26 junho, 2012 em Minhas Cores, pensamentos
Tags:

Como sou ridícula.

Olho pra trás e vejo essa busca desesperada pra substituir você pelo primeiro estranho que me sorri.

E é como uma droga qualquer, que quando acaba o efeito traz realidade ainda mais forte, uma bofetada em cheio no meio da minha cara.

Você, você, você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s