Posts com Tag ‘deixar. abandonar’

Eu havia dado pra ele um codinome.

Era um super-herói. Meu super-homem.

Mas quando a máscara caiu, se mostrou não só mortal como também cruel.

Insensato, inconstante, indiferente, incapaz, inalcançável.

Era tanto “in” que eu tiver que dar um “out”.

Saí sem muita despedida, e claro um pouco ferida.

E não, nenhum herói veio ao meu auxílio.

 

Anúncios

Não é tão fácil…

Publicado: 9 agosto, 2009 em pensamentos
Tags:,

Eu sempre pensei que fosse ser mais durona quando chegasse a hora de dizer até logo. Parece que me enganei profundamente.

Eu sei que vou, mas muito de mim vai ficar aqui. Nos cantos da casa, nos cheiros do tempero da minha mãe e no perfume de banho do meu pai. Eu vou, mas minha metade vai continuar batendo aqui, pulsando nos almoços de familia no domingo, nas briguinhas e nos risos, nos filmes que viamos juntos, nas corridas de formula 1 e nas missas de domingo que ia com muita má vontade.

Hoje é dia do pais, então não posso deixar de evitar os sentimentos transbordando… e sou capaz mesmo de imaginar meu pai me dizendo:

“Marvin, a vida é pra valer, eu fiz o meu melhor, e o seu destino eu sei de cor…”

adeus