Posts com Tag ‘fracasso’

Nuvem chovendo só em mim…

Publicado: 13 março, 2009 em pensamentos
Tags:, , ,

Desculpem hoje sou só tristeza. Nem tudo é como a gente gostaria, se fosse não teria graça, eu sei… mas as vezes eu quero TANTO que bem que podia dar pelo menos um pouco certo…

Quando a dor de cabeça passar e a falta de palavras me abandonar eu atualizo o blog. Por enquanto preciso eu me atualizar.

 

p.s: me liga quando acordar tá. to precisando.

Anúncios

Pastel de vento

Publicado: 26 fevereiro, 2009 em pensamentos
Tags:, , ,

Bem bem. Se assim posso dizer. Esses dias de carnaval foram de descanço, mas no fim, acho que isso não me ajudou muito. Quero dizer, chuva, céu nublado, muita preguiça e vários cochilos, alguns filmes, algumas series e muito, mas muito pouca leitura. Infelizmente. Minha mente e meus músculos atrofiaram nesses dias que se passaram, e tudo se resumiu a cama, sofá, tv, cama, cozinha, sofá, tv, sandubas, pipoca, uma cervejinha, coma, sofá, tv. É uma vergonha, eu confesso: virei um vegetal.

O mais engraçado é olhar pra trás uma semana e ver todos os planos que eu tinha feito “ah sim, ler vários, muuuitos textos da facul pra adiantar tudo” “humm acabar de ler aquele livro e começar aquele outro”  “escrever uma carta” “fazer um novo desenho” “ah, vou tocar mais violão” … entre tantos outros frutíferos porem nunca realizados… tudo culpa da chuva!!! (ai ai, sempre procurando culpados para minhas inconstâncias)

É isso, resumindo, não fiz nada. Mas nada também não se resume a nada propriamente dito né, pelo menos assisti a todos os filmes que estavam indicados ao Oscar (como se isso fosse uma grande coisa também né!) e mais alguns outros que nem valem a pena constar nas minhas linhas.

Então, nesse emaranhado de pensamentos soltos, a semana começou cinza e vai terminando cinza, e pra completar, acreditem!, de quebra hoje fui presenteada: uma bela de uma TPM filha da puta, como se  o resto já não bastasse… é por isso que sempre penso, sempre dá pra piorar! Nunca duvide disso.

p.s: amor meu, desculpa essa cavalinha que sou as vezes. O estado de vegetação, os hormonios, e mais tudo aquilo que a gente sabe, me deixam louca as vezes. :p

Lá e de volta outra vez

Publicado: 7 janeiro, 2009 em pensamentos
Tags:, , ,

Depois de todo esse tempo sem postar nada estou de volta.

Depois de um natal e um novo ano novo, as coisas continuam as mesmas, indubitavelmente continuam as mesmas.

Hoje não venho falar de esperança, de sonhos, devaneios, lembranças ou qualquer uma dessas doces e simples formas de ver a vida. Venho mesmo pra desabafar, comigo mesma, já que aqui naum tenho leitores assiduos. Venho cá conversar com meus botões na esperença de que eles gritem alguma coisa nova que eu não saiba … mas se naum venho aqui falar de esperança como posso ter esperança de ser salva pelos meus botões?? na verdade acho que é bem capaz dos meus pequenos botões terem algum problema de audição e nem me ouvirem tão bem quanto eu gostaria.

Bem, enfim, o ano naum começou tão bem quanto eu imaginava ou gostaria… naum chegamos nem a primeira quinzena e ja tenho em minha boca um amargo gosto de decepçao e frustração… continuo acreditando nas pessoas, e, pra não variar, continuo tomando no meio do olho do meu cú. E é o de sempre, “desculpa, eu naum quis te magoar”. Mas magoou… a vida é isso, a gente vive assim, magoando e sendo magoado, a diferença aqui no meu caso é que já faz um bom tempo que eu só sou magoada… já to de saco cheio de tudo isso, sei que amanha ou depois meu pensamento vai mudar, porque eu tenho plena consciencia do que sou, uma sonhadora que teima em acreditar que tudo vai dar certo no final, mas hoje, só por hoje, quero ter raiva, ódio, rancor, quero sentir que gostar, se entregar, se apaixonar, amar não vale a pena. Hoje quero fechar meus olhos tendo a certeza que sou uma anta, que continua tentando, nadando contra a maré numa porra de barquinho furado e ainda continuo tentando tirar a água de dentro com um copinho… que tambem tem um furinho!

Eu nego, mas a verdade é que eu cansei de ser só. Não ter ninguem pra compartilhar, pra rir, chorar, brigar, amar. Não poder dividir as aventuras nem fazer planos, cansei de sair sozinha nas fotografias, cansei de gostar do cara errado, dos enrolados, dos presos ao passado, cansei de tentar tentar com quem não quer tentar. Me arrumo esperando por alguem que nunca vem, enfeito minha casa, me perfumo, me faço bonita, compro flores, faço o jantar… e janto sozinha, durmo sozinha, acordo sozinha… naum quero ser uma mulher solitaria e amarga pra todo o resto da vida. Mas hoje, talvez só por hoje, eu sou essa mulher.

“a minha lágrima o vento seca”

 

“amanha será um novo dia da mais louca alegria que se possa imaginar” 

… será???